jusbrasil.com.br
17 de Dezembro de 2018
    Adicione tópicos

    OAB/MA ACOMPANHA DE PERTO CASO DE IDOSA AGREDIDA EM SÃO LUÍS

    OAB - Seccional Maranhão
    há 2 anos

    A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Maranhão (OAB/MA), por meio de sua Comissão de Direito do Idoso, está acompanhando de perto o caso de uma senhora de 84 anos de idade, que aparece em um vídeo veiculado nas redes sociais, sofrendo agressões física e psicológicas, por parte de seu filho Roberto Elisio Danny, bacharel em direito, esclarecendo que ele não é inscrito nos quadros da OAB/MA.

    Desde que ficou ciente do fato, a OAB Maranhão, por meio da advogada Bruna Feitosa Serra de Araújo, presidente da Comissão de Direito do Idoso, acompanha o desenrolar da situação. “Estamos acompanhando tudo de perto, indo à Delegacia do Idoso, Promotoria e ao Fórum para ver como está o caso e dá todo apoio à idosa. Já temos a certeza que a prisão preventiva do agressor já foi solicitada e que em poucas horas ele estará preso”, disse Bruna Feitosa.

    A OAB Maranhão, ciente de sua responsabilidade de defesa da sociedade como um todo, mostra-se indignada com o ocorrido e cobrará as punições penais cabíveis na lei para o agressor, bem como a segurança da idosa.

    Vale destacar que a violência contra os idosos tem várias facetas. Abandono, roubo, espancamento, humilhação, cárcere privado, violência física e psicológica são alguns exemplos das agressões cometidas. Medo, constrangimento e constantes ameaças são as principais causas que impedem a população idosa de denunciar esses delitos. As agressões ocorrem dentro de casa, de quem, teoricamente, mais se espera amor e proteção.

    1 Comentário

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

    Ótimo.
    Agressão já é por si só, resultado de falta de argumentos.
    Contra uma idosa indefesa, não existem argumentos que justifiquem. continuar lendo