jusbrasil.com.br
31 de Março de 2020
    Adicione tópicos

    Advogado é executado em Barra do Corda

    OAB - Seccional Maranhão
    há 11 anos

    Na madrugada desta terça-feira, em Barra do Corda, a 459 quilômetros de São Luis, no Maranhão, o advogado Almir Silva Neto, 41, foi encontrado carbonizando no interior do seu automóvel. A vítima teria sido executada a tiros e depois queimada no interior do carro, na modalidade de crime conhecida no submundo como "forno microondas". Pessoas que passavam pela rodovia observaram um clarão vindo de uma pedreira, a três quilômetros de Barra do Corda, e foram verificar o que acontecia ainda na madrugada de ontem. Elas se depararam com um automóvel Fiat Uno vermelho, que queimava e no interior do carro, avistaram uma pessoa.

    A polícia foi acionada e o pedido de socorro também, porém a tentativa de apagar o incêndio teve que ser no balde, visto que na cidade não existe Corpo de Bombeiros. As chamas consumiram o carro e reduziram o corpo da vítima ao máximo. Ontem o que restou do corpo do advogado Almir Neto, foi transferido para São Luís e submetido a exames pelos peritos legistas da Polícia Técnica. Os especialistas teriam constatado que a vítima, foi executada a tiros e depois colocada no veículo.

    A Polícia Judiciária já deu início às investigações visando a elucidação do crime. O superintendente da Polícia Civil no Interior, delegado Joviano Furtado Mendonça, recomendou à delegada Bernadette, da Regional de Barra do Corda, que intensifique os trabalhos investigativos, visando dar maior rapidez na solução do crime.

    A seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MA) solicitou o empenho da Polícia na elucidação do crime e designou o advogado Charles Dias, presidente da Comissão de Direitos Difusos e Coletivos, para acompanhar o caso.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)